sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Classificação Final do Estadual Sub 18

O América tem vantagem diante do CRB


Em toda a história das competições nacionais, o América já enfrentou o CRB 22 vezes. Trezes desses jogos foram válidos pela Série B, dois pela Série A, 02 pela Série C, 02 pela Copa do Brasil e três pelo Campeonato do Nordeste. O time potiguar tem quatro vitórias de vantagem nos duelos. O confronto deste sábado será o terceiro pela Série C. Na Primeira Fase, cada clube venceu um jogo. Confira o resumo de todos os confrontos:

Total de jogos: 22
Vitórias do América: 09
Vitórias do CRB: 05
Diferença para o América: 04
Empates: 08
Gols do América: 30
Gols do CRB: 24
Saldo pro América: 06

O ABC só venceu o Sport duas vezes


Em 17 jogos de competições, o Mais Querido só venceu o Sport em duas oportunidades. A primeira em 1998 pela Copa do Nordeste por 2 a 1, no Estádio Machadão. E a outra em 2002, no Estádio Ilha do Retiro, também por 2 a 1. As partidas foram válidas pelos campeonatos brasileiros séries A e B, Nordestão e Copa do Nordeste. Confira o resumo histórico:

Total de jogos: 17
Vitórias do ABC: 02
Vitórias do Sport 11
Empates: 04
Gols do ABC: 13
Gols do Sport: 31
Saldo pro ABC: -18

Dados do ABC campeão Estadual Sub 18


O ABC conquistou na tarde de hoje o Campeonato Estadual de Juniores. Precisando apenas de um empate, o Alvinegro venceu ao América por 1 a 0, no Estádio Frasqueirão. Madson fez o gol do título aos 44 minutos do segundo tempo. Com essa conquista, o ABC tem vaga assegurada na Copa São Paulo de Juniores de 2012.

Súmula da Final

ABC 1x0 América

Gol: Madson (44/2º)
Árbitro: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro
Assistente 1: Luiz Carlos Câmara Bezerra
Assistente 2: Aldeilma Luzia da Silva
Renda: R$ 919,50
Público: 239
Local: Estádio Frasqueirão (Natal)

Números do Campeão

O ABC teve a melhor campanha entre os participantes do Estadual. Confira os principais dados da campanha alvinegra:

Pontos ganhos: 28
Jogos: 12
Vitórias: 09
Empates: 01
Derrotas: 02
Aproveitamento: 77,77%
Gols pró: 32
Gols contra: 13
Saldo de gols: 19

Artilheiros

07 gols: Grafite
05 gols: Madson
03 gols: Maxwell
03 gols: Eugênio
02 gols Rodrigo
01 gol: Will
01 gol: Rodriguinho
01 gol: Rodrigo Costa
01 gol: Rafinha
01 gol: Moisés
01 gol: Luiz Gustavo
01 gol: Lucas
01 gol: Júlio César
01 gol: João Pedro
01 gol: Gilmar
01 gol: Geovani
01 gol: Bruno Magrão

O ABC venceu mais o clássico de Juniores

No histórico de ABC x América nos últimos 12 anos, o ABC venceu mais. Desde 1999, houve 28 clássicos, com 13 vitórias do Alvinegro, 10 do Alvirrubro e 05 empates. No gols, o ABC também leva vantagem, marcou 40 e o América 32. Nesse período, o ABC aplicou duas goleadas. Uma em 2004 de 4 a 1 e a outra de 5 a 1 em 2008. Veja os resultados do clássico desde 1999:

1999

28/04 – ABC 0x1 América
17/10 – América 0x1 ABC
20/11 – ABC 1x2 América

2000

06/06 – América 1x0 ABC
23/08 – ABC 0x1 América

2001

06/05 – América 1x2 ABC
03/06 – ABC 0x0 América

2002

Não houve confrontos.

2003

07/06 – América 2x3 ABC
16/08 – ABC 2x3 América

2004

04/07 – ABC 1x1 América
07/08 – América 2x0 ABC
17/09 – América 1x3 ABC
20/09 – ABC 4x1 América

2005

30/07 – ABC 1x2 América
07/08 – América 2x0 ABC

2006

26/08 – ABC 2x2 América
05/09 – América 1x2 ABC

2007

30/06 – ABC 3x1 América
04/08 – América 1x1 ABC
11/08 – ABC 1x0 América

2008

24/05 – América 0x3 ABC
31/05 – ABC 1x0 América
08/08 – ABC 5x1 América
20/08 – América 0x1 ABC

2009

27/09 – ABC 1x0 América

2010

Não houve confrontos.

2011

16/07 – América 1x0 ABC
21/08 – ABC 0x3 América
23/09 – América 2x2 ABC

Resumo 1999 a 2011

Total de jogos: 28
Vitórias do ABC: 13
Vitórias do América: 10
Empates: 05
Gols do ABC: 40
Gols do América: 32
Saldo pró ABC: 08

O América precisa de 10 pontos para subir

No último domingo, o América perdeu para o Paysandu em Belém por 0 a 1. Com esse resultado, o tabu aumentou. Na história das competições nacionais, o América nunca venceu o Papão. Agora, são 09 jogos, 06 vitórias dos paraenses e 03 empates.

O empate seria bom em termos de classificação para a Série B de 2012. Pois, assim, o Alvirrubro ficava na dependência apenas de vencer os compromissos em casa.

Como não segurou a igualdade, precisa vencer os três adversários em Goianinha e ainda conseguir pelo menos um empate fora de casa para voltar a Série B.

Resumindo

13 pontos – decide a Série C
12 pontos – pode garantir o 1º lugar
11 pontos – se garante com folgas
10 pontos – se garante
09 pontos – fica na dependência de outros resultados

Boas vindas para os fãs de Marcos Trindade

Olá amigos, estou vindo para este endereço. O trindaderesultados, está com problemas e eu não estou conseguindo solucioná-los.

Por enquanto, estarei neste espaço, datatrindade.blogspot.com

terça-feira, 27 de setembro de 2011

O ABC nunca venceu o Náutico em Recife


Hoje, o ABC enfrenta o Timbu. Um temido time da Região Nordeste. Diante desse bicho-papão, o clube potiguar tem um péssimo retrospecto jogando em Recife. Nas seis partidas que realizou na capital pernambucana, o melhor resultado foi um empate de 2 a 2 em 2001, pela Copa do Brasil. Nos demais jogos só derrota.

Em competições nacionais, foram 14 jogos, 08 em Natal e 06 em Recife. Pela Série A foram 04, Série B 05, Campeonato do Nordeste 03 e Copa do Brasil 02. O Náutico venceu 07 partidas e o ABC três, ambas em Natal. Veja os resultados dos jogos em Recife:

10/10/1976 – Náutico 2x1 ABC (Série A)
04/05/1978 – Náutico 4x2 ABC (Série A)
20/09/2000 – Náutico 2x0 ABC (Série B)
08/02/2001 – Náutico 3x2 ABC (C. do Nordeste)
04/04/2001 – Náutico 2x2 ABC (Copa do Brasil)
18/08/2001 – Náutico 4x0 ABC (Série B)

Resumo geral em competições nacionais

Total de jogos: 14
Vitórias do ABC: 03
Vitórias do Náutico: 07
Empates: 04
Gols do ABC: 21
Gols do Náutico: 27
Saldo pro ABC: -06

Principal artilheiro do ABC

02 gols: Alberi

Principal artilheiro do Náutico

03 gols: Borges


segunda-feira, 26 de setembro de 2011

O América precisa de 10 pontos para subir


Ontem, o América perdeu para o Paysandu em Belém por 0 a 1. Com esse resultado, o tabu aumentou. Na história das competições nacionais, o América nunca venceu o Papão. Agora, são 09 jogos, 06 vitórias dos paraenses e 03 empates.

O empate seria bom em termos de classificação para a Série B de 2012. Pois, assim, o Alvirrubro ficava na dependência apenas de vencer os compromissos em casa.

Como não segurou a igualdade, precisa vencer os três adversários em Goianinha e ainda conseguir pelo menos um empate fora de casa para voltar a Série B.

Resumindo

13 pontos – decide a Série C
12 pontos – pode garantir o 1º lugar
11 pontos – se garante com folgas
10 pontos – se garante
09 pontos – fica na dependência de outros resultados

domingo, 25 de setembro de 2011

Dados da Segunda Divisão Potiguar 2011


Hoje, aconteceu a 3ª rodada da Segunda Divisão do Estadual do Rio Grande do Norte. No Estádio Frasqueirão, o ABC-B vence ao Potyguar por 2 a 1. Ernany e Felipe Alves marcaram para o ABC-B, enquanto que Cláudio Ribeiro fez o gol do Potyguar. No outro jogo, em Parelhas, Estádio Laurentino Bezerra, o Centenário de Parelhas foi goleado pelo Caicó por 4 a 0. Os gols foram de Jozycley, Zé Maria, Lee e Índio. Com esses resultados, a classificação é a seguinte:

1º Caicó com 06 pontos
2º ABC-B com 06 pontos
3º Centenário com 04 pontos
4º Potyguar com 01 ponto

Estatísticas

Total de jogos: 06
Gols marcados: 13
Média por jogo: 2,17

Principais artilheiros

02 gols: Zé Maria (Caicó)
02 gols: Felipe Alves (ABC-B)

Próxima rodada

Domingo (02 de outubro)

Centenário de Parelhas x Potyguar
ABC-B x Caicó

Nota: Venho acompanhando atentamente a competição e pelo andamento percebo que o Caicó é o principal favorito a subir para a Divisão Principal. Assisti ao jogo do Frasqueirão e em nenhum momento as rádios de Natal que transmitiam o jogo do América, sequer informaram os resultados da Segunda Divisão do nosso Estado. Uma pena!


sábado, 24 de setembro de 2011

Os favoritos para subir para a Série B 2012


Você que acessa este Blog sabe que eu costumo dá pitacos. Agora, o pitaco é sobre quem vai conquistar o acesso da Série C. Num grupo, temos América de Natal, Paysandu, Rio Branco e CRB. No outro, Ipatinga, Brasiliense, Joinville e Chapecoense. Confesso que este ano está difícil de acertar. Mas vou apontar, na minha opinião, quem vai subir. Vamos lá:

Grupo E

América, Paysandu e Rio Branco vão disputar diretamente as duas vagas. Gostaria até de ver o Rio Branco conquistando uma vaga. Eu aposto em Paysandu e América.

Grupo F

Ipatinga, Chapecoense e Joinville vão travar a disputa pelas duas vagas. Na minha opinião, o Brasiliense é o time mais fraco dos que estão na 2ª Fase. Sobem Ipatinga e a surpresa, Chapecoense.

sexta-feira, 23 de setembro de 2011

Os artilheiros de ABC e América no Sub 18


Hoje, à tarde acontece a primeira partida da Final do Estadual de Juniores. América e ABC vão medir forças pelo título da categoria. Por isso preparamos a lista dos goleadores dos dois finalistas. Confira:

ABC

07 gols: Grafite
04 gols: Madson
03 gols: Maxwell
03 gols: Eugênio
02 gols Rodrigo
01 gol: Will
01 gol: Rodrigo Costa
01 gol: Moisés
01 gol: Luiz Gustavo
01 gol: Lucas
01 gol: Júlio César
01 gol: João Pedro
01 gol: Gilmar
01 gol: Geovani
01 gol: Bruno Magrão

América

04 gols: Victor Lima
04 gols: Rivaldo
02 gols: Thiago
02 gols: Bruno
01 gol: Naldinho
01 gol: Luiz Fernando
01 gol: Evaniel
01 gol: Carlos Sérgio

Campanhas dos finalistas do Estadual Sub 18


Hoje, a partir das 15h no Estádio Juvenal Lamartine, acontece a primeira partida da Final do Estadual de Juniores, entre América x ABC. Por ter melhor campanha, o ABC joga por dois empates ou uma vitória e derrota pela mesma diferença de gols. A arbitragem da partida de jogo será de Leandro Saraiva Dantas de Oliveira. Confira o resumo das campanhas de ABC e América:

ABC

Pontos ganhos: 24
Jogos: 10
Vitórias: 08
Empates: 00
Derrotas: 02
Aproveitamento: 80%
Gols pró: 29
Gols contra: 11
Saldo de gols: 18

América

Pontos ganhos: 20
Jogos: 10
Vitórias: 06
Empates: 02
Derrotas: 02
Aproveitamento: 66,67%
Gols pró: 16
Gols contra: 10
Saldo de gols: 06

quarta-feira, 21 de setembro de 2011

O América de Natal nunca venceu o Paysandu


No histórico das participações do América de Natal, consta um tabu prá lá de histórico. Pois, bem, o clube mais tradicional do RN em competições nacionais, nunca venceu o Papão da Curuzu. São oito partidas, com cinco vitórias dos paraenses e três empates.

Em 2001, o Rubro Potiguar esteve bem perto de quebrar esse tabu, estava vencendo-o por 1 a 0 e com dois jogadores a mais. Mesmo assim, o “Bicho Papão” do Norte impediu. O tabu aumentou em 2006, com duas vitórias dos adversários de domingo. Lá e lô:

Os resultados do confronto

25/05/1974 – América 0x0 Paysandu (Série A)
18/02/1982 – Paysandu 3x1 América (Série A)
06/10/1999 – Paysandu 1x1 América (Série B)
30/08/2000 – América 1x2 Paysandu (Série B)
19/09/2001 – América 1x1 Paysandu (Série B)
11/11/2001 – Paysandu 4x1 América (Série B)
21/04/2006 – Paysandu 1x0 América (Série B)
05/09/2006 – América 0x1 Paysandu (Série B)

O resumo

Total de jogos: 08
Vitórias do América: 00
Vitórias do Paysandu: 05
Empates: 03
Gols do América: 05
Gols do Paysandu: 13
Saldo pró Paysandu: 08

Thiago César na Intertv Cabugi

Thiago César apresentando o Jogo Aberto e Ação, na Band Natal


O bom repórter/apresentador Thiago César foi contratado recentemente pela Rede Intertv Cabugi para reportar o dia a dia dos clubes de futebol e outros esportes, do Rio Grande do Norte.

Thiago César teve passagens pela TV União e pela Band Natal, onde se destacou ao ponto de ser contratado pela rede de televisão um grupo mineiro. O sistema Rede Intertv tem emissora no RN, RJ e MG.

Thiago, sempre foi um menino humilde e dedicado, desde os tempos da escola, ainda na Zona Norte de Natal, onde residia. Fiquei feliz em saber da sua contratação. Parabéns e todo o sucesso do mundo prá você.



terça-feira, 20 de setembro de 2011

Os confrontos oficiais de ABC x Vila Nova-GO


No histórico de confrontos oficiais, o ABC enfrentou o Vila Nova 09 vezes. Cada clube venceu quatro partidas. Houve apenas um empate, que foi no jogo de ida da Série B deste ano. Foram sete partidas pela Série B e duas pela Série C. o curioso é que o Alvinegro só enfrentou os goianos em Natal três vezes. O ABC venceu esses três jogos. Veja a relação completa dos confrontos:

19/09/1999 – Vila Nova 2x0 ABC (Série B)

Gols: Reinaldo Aleluia e Wladimir
Árbitro: Álvaro Azeredo Quellas (RJ)
Renda: R$ 37.559,00
Público: 8.223
Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

07/10/2000 – Vila Nova 0x1 ABC (Série B)

Gol: Moisés (41/2º)
Árbitro: Etevaldo Batista de Araújo (DF)
Renda: não divulgada
Público: não divulgado
Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

27/11/2007 – ABC 4x0 Vila Nova (Série C)

Gols: Wallyson (2), Ânderson (contra) e Clênio
Árbitro: Wagner dos Santos Rosa (RJ)
Renda: R$ 143.241,00
Público: 11.315
Local: Estádio Frasqueirão (Natal-RN)

10/11/2007 – Vila Nova 3x0 ABC (Série C)

Gols: Túlio Maravilha (2) e Paulo Ramos
Árbitro: Héber Roberto Lopes (PR)
Renda: R$ 131.035,00
Público: 15.699
Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

10/05/2008 - ABC 3x2 Vila Nova (Série B)

Gols: Márcio Hahn, Dejair e Ivan para o ABC; Túlio Maravilha e Reinaldo para o Vila Nova
Árbitro: Cláudio Luciano Mercante Pessoa Júnior (PE)
Renda: R$ 114.330,00
Público: 7.455
Local: Estádio Frasqueirão (Natal-RN)

22/08/2008 – Vila Nova 3x1 ABC (Série B)

Gols: Túlio Maravilha (2) e Reinaldo para o Vila Nova; Warley para o ABC
Árbitro: Antônio Frederico de Carvalho Schneider (RJ)
Renda: R$ 60.415,00
Público: 5.317
Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

13/06/2009 – ABC 1x0 Vila Nova (Série B)

Gols: Fábio Saci
Árbitro: Francisco de Assis Almeida Filho (CE)
Renda: R$ 47.050,00
Público: 3.249
Local: Estádio Frasqueirão (Natal-RN)

19/09/2009 – Vila Nova 1x0 ABC (Série B)

Gols: William
Árbitro: Mariélson Alves da Silva (BA)
Renda: R$ 24.420,00
Público: 1.813
Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia-GO)

18/06/2011 – Vila Nova 2x2 ABC (Série B)

Gols: Rôni (2) para o Vila Nova; Elionar Bombinha (2) para o ABC
Árbitro: Marcos Mateus Pereira (MS)
Renda: R$ 39.525,00
Público: 5.342
Local: Estádio Serra Dourada (Goiânia)

Resumo de jogos

Total de jogos: 09
Vitórias do ABC: 04
Vitórias do Vila Nova: 04
Empates: 01
Gols do ABC: 12
Gols do Vila Nova: 13
Saldo pro ABC: -01

Artilheiros do ABC

02 gols: Wallyson
02 gols: Elionar Bombinha
01 gol: Warley
01 gol: Moisés
01 gol: Márcio Hahn
01 gol: Ivan
01 gol: Fábio Saci
01 gol: Dejair
01 gol: Clênio
01 gol: Ânderson (contra)

Artilheiros do Vila Nova

05 gols: Túlio Maravilha
02 gols: Rôni
02 gols: Reinaldo
01 gol: Wladimir
01 gol: William
01 gol: Reinaldo Aleluia
01 gol: Paulo Ramos

Resumo de público em Natal

Total de público: 22.019
Jogos computados: 03
Média por jogo: 7.340

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Os gols do ABC e os artilheiros na Série B

Leandrão já marcou 07 gols


Nas 24 partidas que o ABC realizou na Série B deste ano, o ataque marcou 31 gols. Média de 1,29 gol por jogo. A defesa sofreu 31. O Saldo do Alvinegro Potiguar é zero. Saiba como foram feitos os gols e quem são os artilheiros do Mais Querido:

Tipo dos gols que marcou

De dentro da área: 23
De fora da área: 08
De pênalti: 05
De cabeça: 03
De falta: 00
De pé: 28

Os Artilheiros

07 gols: Leandrão
07 gols: Cascata
06 gols: Elinar Bombinha
03 gols: Éderson
02 gols: Pio
02 gols: Nêgo
01 gol: Rômulo
01 gol: Malaquias
01 gol: Lins
01 gol: Bileu

Santa Cruz Potiguar entre os 4 melhores da D


O Santa Cruz Potiguar está fazendo uma boa campanha na Série D do Campeonato Brasileiro. Com 16 pontos ganhos, o time de Tomba está na quarta colocação no geral.

Classificado para a 2ª Fase após vencer o Guarani de Juazeiro por 1 a 0, ontem, o Tricolor do Inharé vai enfrentar o Treze de Campina Grande. Se passar, enfrenta na 3ª fase o vencedor de Santa Cruz-PE x Coruripe-AL. Veja mais no quadro acima:

O Alecrim terminou a Série D na 28ª colocação

Alecrim Futebol Clube


Ao perder por 2 a 1, o Verdão encerrou ontem a disputa da Série D. Foram 08 partidas, três vitórias e cinco derrotas. O time potiguar fez 07 gols e sofreu 12. Saldo negativo de 05.

Jaime e William Carioca foram os principais artilheiros do Periquito. Cada um marcou 02 gols. Com esses números, o Alecrim terminou na 28ª colocação entre os 40 participantes.

Histórico do RN na Série D

2009 – Alecrim (4º colocado)
2010 – Potiguar-M (40º colocado)
2011 – Alecrim (28º colocado)
2011 – Santa Cruz-RN (4º no momento)

domingo, 18 de setembro de 2011

Alecrim x Santa Cruz fizeram três confrontos


Na história das competições organizadas pela CBF, Alecrim x Santa Cruz fizeram três partidas. Os pernambucanos levam vantagem no pequeno histórico entre ambos. Hoje, voltam a se enfrentar, agora pela Série D. Jogo marcado para as 16h no estádio Arruda. Veja os resultados.

1983 – Santa Cruz 4x0 Alecrim (Série B)
1986 – Alecrim 1x0 Santa Cruz (Série A)
2011 – Alecrim 1x3 Santa Cruz (Série D)

sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Técnico do Alecrim tem poucos empates

Berg vai pro jogo da vida em Recife


A história do treinador do Alecrim Carlos Gutemberg é marcada de poucos empates. Em dois anos atuando no Futebol Potiguar, Berg treinou as equipes do Centenário de Pau dos Ferros e o Alecrim.

Foram 38 jogos e apenas 04 empates. Apenas 10,53% dos jogos que atuou terminaram empatados. Domingo, o Alecrim enfrenta o Santa Cruz de Recife, no Estádio Arruda, precisa da vitória para continuar na briga por uma vaga no Grupo 03 da Série D.

O treinador está confiante, pois durante toda a semana, o trabalho foi satisfatório. Em todos os coletivos, o grupo considerado titular venceu de goleada. Parece que o Verdão encontrou as peças certas para o ataque. Andrei, Rogean, Galeguinho e Pinduca são os atacantes.

Gutemberg, ainda não definiu, mas tudo indica que ele vai escalar o time potiguar num 4-3-3 dando mais liberdade para os atacantes. Até eu estou confiante!

Resumo de confrontos entre ABC x Vitória


São 11 confrontos oficiais entre ABC x Vitória. A peleja vem desde 1972, o ABC participou do Campeonato Nacional pela 1ª vez. Naquele ano houve empate de 0 a 0. Quatro anos depois votaram a se enfrentar pelo Torneio do Nordeste denominado de José Américo. Novo empate, agora de 1 a 1.

Passados 24 anos, voltam a se enfrentar, desta feita pela Copa do Nordeste, dois jogos, uma vitória dos baianos de 2 a 1 e um empate de 1 a 1. Ainda em 2000, o ABC disputou duas partidas com o Rubro Negro da boa terá pela Copa do Brasil. Dois triunfos do Mais Querido. 1 a 0 no Machadão e 2 a 1 no Barradão.

Os 04 jogos seguintes foram válidos pelo Campeonato do Nordeste.

2001 – Vitória 2x0 ABC
2002 – ABC 1x1 Vitória
2010 – Vitória 2x2 ABC
2010 – ABC 1x2 Vitória

Este ano, os dois fizeram novo confronto, agora pela Série B. Em Salvador, empate de 1 a 1. Confira o resumo dos confrontos e saiba quem leva vantagem:

Resumo de jogos

Total de jogos: 11
Vitórias do ABC: 02
Vitórias do Vitória: 03
Empates: 06
Gols do ABC: 11
Gols do Vitória: 13
Saldo pro ABC: -02

Artilheiros do ABC

04 gols: Leonardo Carioca
02 gols: Zulu
01 gol: Moreno
01 gol: Leandrão
01 gol: Joel
01 gol: Joãozinho
01 gol: João Paulo

Artilheiros do Vitória

02 gols: Manoel
02 gols: Flávio
01 gol: Zé Júlio
01 gol: Schwenck
01 gol: Renato
01 gol: Ramalho
01 gol: Neto
01 gol: Marconi
01 gol: Kleiton Domingues
01 gol: Cléber
01 gol: Alain Dellon

Público em Natal

Total: 30.118
Jogos: 04
Média: 7.529

quinta-feira, 15 de setembro de 2011

Todos os públicos do Frasqueirão em 2011


Este ano, o ABC realizou 24 partidas oficiais no Estádio Frasqueirão. Foram jogos do Estadual, Copa do Brasil e Série B. O maior público pagante, incluindo sócios e ambulantes, foi no jogo ABC 0x0 Vasco, pela Copa do Brasil.

O segundo maior público foi o do jogo da final do Estadual entre ABC 3x1 Santa Cruz. O terceiro maior, que você pode conferir abaixo, foi também pelo Estadual, no clássico diante do América.

Já a maior presença de torcedores pela Série B foi no jogo ABC 1x0 Náutico. Espera-se que sábado diante do Vitória, pelo menos esse do Brasileiro seja superado. De forma exclusiva confira todos os público pagantes do ABC este ano:

11.641 pagantes – ABC 0x0 Vasco (Copa do Brasil)
11.164 pagantes – ABC 3x1 Santa Cruz (Estadual)
9.401 pagantes – ABC 1x0 América (Estadual)
7.809 pagantes – ABC 1x0 Náutico (Série B)
6.197 pagantes – ABC 1x1 Salgueiro (Série B)
5.868 pagantes – ABC 1x1 Icasa (Série B)
5.799 pagantes – ABC 2x1 Santa Cruz (Estadual)
5.602 pagantes – ABC 2x2 São Caetano (Série B)
5.501 pagantes – ABC 1x1 Ponte Preta (Série B)
5.406 pagantes – ABC 1x1 Portuguesa (Série B)
5.356 pagantes – ABC 1x1 Criciúma (Série B)
5.286 pagantes – ABC 2x1 Barras (Copa do Brasil)
5.275 pagantes – ABC 3x0 Duque de Caxias (Série B)
4.655 pagantes – ABC 0x5 Bragantino (Série B)
4.423 pagantes – ABC 2x2 Barueri (Série B)
3.838 pagantes – ABC 2x0 Goiás (Série B)
3.756 pagantes – ABC 6x0 Potiguar (Estadual)
3.418 pagantes – ABC 2x1 Palmeira (Estadual)
3.203 pagantes – ABC 0x1 Santa Cruz (Estadual)
3.198 pagantes – ABC 4x1 Coríntians (Estadual)
2.872 pagantes – ABC 6x1 Alecrim (Estadual)
2.666 pagantes – ABC 1x0 Baraúnas (Estadual)
2.359 pagantes – ABC 4x0 ASSU (Estadual)
1.790 pagantes – ABC 4x0 Centenário (Estadual)


quarta-feira, 14 de setembro de 2011

Torcida do ABC se afastou do Frasqueirão


Este ano, o ABC realizou 24 partidas oficiais no Estádio Frasqueirão. Esse total de jogos levou 126.483 torcedores pagantes. A média é de 5.270 pagantes por partida. Foram 11 jogos pelo Estadual, 11 pela Série B e 02 pela Copa do Brasil. Sábado frente ao Vitória, espera-se que a média melhore. Veja mais:

Resumo do Estadual

Total de público: 49.626
Total de jogos: 11
Média por jogo: 4.511

Resumo da Série B

Total de público: 59.930
Total de jogos: 11
Média por jogo: 5.448

Resumo da Copa do Brasil

Total de público: 16.927
Total de jogos: 02
Média por jogo: 8.463

Resumo do ano

Total de público: 126.483
Total de jogos: 24
Média por jogo: 5.270

O Alecrim só perdeu um jogo no 1º tempo


O futebol tem cada curiosidade! O Verdão realizou 07 partidas na Série D deste ano. Apenas no jogo diante do Porto em Belo Jardim, foi para o intervalo na desvantagem do marcador. Imagine, terminar o primeiro tempo do jogo de domingo, com o Arruda cheio até dizer chega, com um empate de 0 a 0! O Santa Cruz vai sentir a pressão da sua torcida. O Alecrim pode tirar proveito disso. Veja como foram os primeiro tempos de cada partida do clube potiguar:

Resultado final: Alecrim 1x3 Santa Cruz (PE)
Resultado do 1º tempo: Alecrim 0x0 Santa Cruz (PE)

Resultado final: Guarani 0x1 Alecrim
Resultado do 1º tempo: Guarani 0x1 Alecrim

Resultado final: Santa Cruz (RN) 2x1 Alecrim
Resultado do 1º tempo: Santa Cruz 1x1 Alecrim

Resultado final: Alecrim 1x0 Porto
Resultado do 1º tempo: Alecrim 1x0 Porto

Resultado final: Alecrim 0x2 Santa Cruz (RN)
Resultado do 1º tempo: Alecrim 0x0 Santa Cruz

Resultado final: Porto 3x1 Alecrim
Resultado do 1º tempo: Porto 2x1 Alecrim

Resultado final: Alecrim 1x0 Guarani
Resultado do 1º tempo: Alecrim 0x0 Guarani

As grandes vitórias do ABC fora de casa

Mais uma vitória para a história. Foto: jornal O Popular


Ontem, o ABC venceu ao Goiás por 2 a 1, no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. Isso todos nós sabemos. Agora, essa vitória entra para a história do Alvinegro como grandes façanhas que ao longo de sua existência tem acumulado.

Selecionei as 12 vitórias mais divulgadas fora de casa. São conquistas em cima de times tradicionais seja na região de origem ou no cenário nacional ou ainda no cenário internacional.

Sem dúvidas, a mais comentada, foi a virada em cima do América Mineiro em 1980. O Mais Querido perdia por 3 a 0 com 35 minutos de partida. Depois, só deu o ABC com Zezinho Pelé e tudo.

Dezoito anos depois veio a que considero mais expressiva. No Maracanã, vitória em cima do Fluminense do Rio de Janeiro. Confira as grandes vitórias do Alvinegro Potiguar fora de casa:

1980 – América (MG) 3x4 ABC (Série B)
1985 – Paysandu (PA) 1x2 ABC (Série A)
1998 – Fluminense (RJ) 2x3 ABC (Série B)
2000 – Ceará (CE) 1x2 ABC (Copa do Nordeste)
2000 – Vitória (BA) 1x2 ABC (Copa do Brasil)
2002 – Sport (PE) 1x2 ABC (Copa do Nordeste)
2008 – Ponte Preta (SP) 1x2 ABC (Série B)
2008 – São Caetano (SP) 0x4 ABC (Série B)
2009 – Paraná (PR) 1x3 ABC (Série B)
2011 – Portuguesa (SP) 2x3 ABC (Série B)
2011 – Guarani-SP 1x2 ABC (Série B)
2011 – Goiás 1x2 ABC (Série B)

O Grupo do Alecrim está confiante


Tenho percebido que o grupo do Alecrim vem treinando forte para o jogo decisivo diante do Santa Cruz de Recife, no próximo domingo pela Série D do Campeonato Brasileiro. Com a vinda dos atacantes Galeguinho e Pinduca, ambos do Palmeira de Goianinha que fez boa campanha no Estadual deste ano, o ataque do Verdão é outro. Quem também vem treinando bem é o volante Gavião, destaque do Centenário de Pau dos Ferros, no Estadual.

São reforços que dão mais tranqüilidade ao treinador Carlos Gutemberg, que pelo andar da carruagem deve escalar três atacantes. Formando o ataque com Rogean mais solto, Pinduca e Galeguinho. Com esse ataque, percebe-se que o aproveitamento de conclusões é muito bom. Talvez com esses jogadores desde o início, o Alecrim já estivesse classificado. O poder de “fogo” do novo ataque é superior ao do ataque anterior.

Outra boa notícia no Alecrim é o apoio da diretoria. Não esta faltando nada. Os salários estão em dia, também poder, né? A folha dos atletas é de R$ 12 mil reais. Hoje, pela manhã é foga geral. À tarde, haverá treinamento no antigo Estádio Juvenal Lamartine. O que não falta no grupo é confiança e se depender disso, o clube potiguar vai vender caro essa classificação.

O Grupo do Alecrim está confiante


Tenho percebido que o grupo do Alecrim vem treinando forte para o jogo decisivo diante do Santa Cruz de Recife, no próximo domingo pela Série D do Campeonato Brasileiro. Com a vinda dos atacantes Galeguinho e Pinduca, ambos do Palmeira de Goianinha que fez boa campanha no Estadual deste ano, o ataque do Verdão é outro. Quem também vem treinando bem é o volante Gavião, destaque do Centenário de Pau dos Ferros, no Estadual.

São reforços que dão mais tranqüilidade ao treinador Carlos Gutemberg, que pelo andar da carruagem deve escalar três atacantes. Formando o ataque com Rogean mais solto, Pinduca e Galeguinho. Com esse ataque, percebe-se que o aproveitamento de conclusões é muito bom. Talvez com esses jogadores desde o início, o Alecrim já estivesse classificado. O poder de “fogo” do novo ataque é superior ao do ataque anterior.

Outra boa notícia no Alecrim é o apoio da diretoria. Não esta faltando nada. Os salários estão em dia, também poder, né? A folha dos atletas é de R$ 12 mil reais. Hoje, pela manhã é foga geral. À tarde, haverá treinamento no antigo Estádio Juvenal Lamartine. O que não falta no grupo é confiança e se depender disso, o clube potiguar vai vender caro essa classificação.

terça-feira, 13 de setembro de 2011

Pesquisa de Marcos Trindade nos jornais

Trindade no seu arquivo. Foto: Humberto Sales


Os principais jornais do RN trazem hoje referências ao levantamento do confronto entre Goiás x ABC feito pelo pesquisador Marcos Trindade, divulgado pelo Site do ABC Futebol Clube. Veja algumas citações:

Tribuna do Norte

Retrospecto favorece (Coluna Apito Final)

Diário de Natal

Repetir a dose (matéria do jogo)

Novo Jornal

Fé no retrospecto (matéria do jogo)

O Mossoroense

Confirmar vantagem no confronto (matéria do jogo)

Nota: Alguns Blogs e Sites também fizeram referência.

Confrontos com a marca de Marcos Trindade


Hoje, o ABC enfrenta o Goiás pela Série B. Será o 5º confronto entre ambos na história. O primeiro duelo aconteceu em 1999, também pela Série B. Depois voltaram a se enfrentar pela Copa do Brasil, em 2000, quando o Alvinegro realizava boa campanha, terminando a competição de forma invicta. Houve dois empates nesse ano.

Voltaram a se “pegar” este ano no Frasqueirão, com vitória do Mais Querido. Para esse jogo passamos os dados para o Site do ABC, que você pode conferir clicando aqui. No cômputo geral, o clube potiguar ostenta a façanha de nunca ter sido derrotado pelos verdes de Goiás. Confira alguns detalhes do embate:

11/09/1999 – ABC 1x1 Goiás (Série B)

Gols: Róbson para o ABC; Dill para o Goiás
Árbitro: Valdomiro Matias Silva Filho (PE)
Renda: R$ 34.503,50
Público: 7.952
Local: Estádio Machadão (Natal-RN)

27/04/2000 – ABC 1x1 Goiás (Copa do Brasil)

Gols: Leonardo para o ABC; Marquinhos para o Goiás
Árbitro: Wagner Tardelli Azevedo (RJ)
Renda: R$ não disponível
Público: não disponível
Local: Estádio Machadão (Natal-RN)

03/05/2000 – Goiás 1x1 ABC (Copa do Brasil)

Gols: Fernandão para o Goiás; Reinaldo Aleluia para o ABC
Árbitro: Romildo Correia (SP)
Renda: R$ não disponível
Público: não disponível
Local: Estádio Serrinha (Goiânia-GO)

OBS: Nos tiros livres, o ABC venceu por 4x3.

07/06/2011 – ABC 2x0 Goiás (Série B)

Gols: Nêgo e Elionar Bombinha
Árbitro: João Bosco Sátiro da Nóbrega (PB)
Renda: R$ 41.400,50
Público: 3.838
Local: Estádio Serrinha (Goiânia-GO)

Resumo

Total de jogos: 04
Vitórias do ABC: 01
Vitórias do Goiás: 00
Empates: 03
Gols do ABC: 05
Gols do Goiás: 03
Saldo pro ABC:

Artilheiros do ABC

01 gol: Róbson
01 gol: Leonardo
01 gol: Reinaldo Aleluia
01 gol: Nêgo
01 gol: Elionar Bombinha

Artilheiros do Goiás

01 gol: Dill
01 gol: Marquinhos
01 gol: Fernandão

Fonte: Marcos Trindade, o pesquisador do Futebol Potiguar.

segunda-feira, 12 de setembro de 2011

América tem média de público melhor que na B

Torcida do América vai em peso


Nas 04 partidas que realizou como mandante, o América levou 14.784 pagantes ao estádio Nazarenão, perfazendo uma média de 3.696 pagantes por jogo. Essa média é melhor que a do ano passado na Série B, que foi de 3.027 pagantes por jogo. 669 pagantes a mais. Confira os públicos jogo a jogo deste ano:

América 1x0 Campinense – 3.907 pagantes
América 4x0 CRB – 3.942pagantes
América 1x1 Guarany – 3.322 pagantes
América 4x0 Fortaleza – 3.613

Resumo

Total de público: 14.784
Jogos como mandante: 04
Média por jogo: 3.696


O América nunca enfrentou o Rio Branco/AC


O América de Natal participa de competições nacionais desde 1968. Nesse ano jogou a Taça Brasil, sendo eliminado na Primeira Fase. De lá prá cá só ficou sem participar de uma competição nacional em 1971 e 1992.

Durante esses mais de 40 anos, o América nunca enfrentou o Rio Branco do Acre, pelos menos não consta nos meus arquivos. Águia de Marabá e Luverdense, um desses pode ser adversário do Alvirrubro Potiguar. O clube potiguar também nunca enfrentou esses dois times.

O Paysandu pode ser adversário dos natalenses. Se for, o América vai enfrentar um clube que em toda a sua história nunca venceu em partidas de competições. Vou torcer pelo Paysandu, só prá ver se esse tabu não vai de água a baixo!


Situação do Paysandu é complicada na Série C

Situação do time de Thiago Potiguar é complicada


Ontem, o América conheceu o primeiro adversário na Segunda Fase. Isso todos já sabem. Agora, o Paysandu não depende só dele. Ah, o Papão vai pegar o rebaixado Araguaína, em Belém. Se vencer vai a 14 pontos, fica na dependência do Águia de Marabá, que joga fora contra o Luverdense. Resumindo: se o Águia vencer o Paysandu está fora. Aposto no time de Marabá.

Alecrim tem elenco reduzido e de amadores

Berg tem competência pra vencer a parada


O treinador Carlos Gutemberg do Alecrim vai ter uma semana de indefinições no clube verde. Ele tem apenas 16 jogadores no grupo, sendo seis amadores, oriundos das categorias de base. Hoje, a diretoria do clube vai confirmar as contratações de três atletas que defenderam o Palmeira de Goianinha o Centenário Pauferrense.

O maior problema do técnico é no setor defensivo. Como também no ataque, pois dispõe de somente um atacante. Tem apenas dois zagueiros, sendo que um é juvenil. Eu fico imaginando uma situação dessas. O Alecrim vai pro jogo com o time praticamente das categorias de base.

O meu pensamento: ABC e América não tem categorias de base valorizadas, imagine o Alecrim. Apesar de só precisar vencer o Santa Cruz pernambucano para se classificar, as chances são mínimas. Veja a relação de atletas do Verdão:

Goleiros

Dida
Bira

Laterais

Danilo (Categorias de Base)
Toninho (Categorias de Base)
Ewerton
Delano

Zagueiros

Cleiton
Anderson (Categorias de Base)

Volantes

Nino
Ramon
Thiago (Categorias de Base)

Meias

William Carioca
Diego
Marcelo (Categorias de Base)
Rogean (Categorias de Base)

Atacantes

Andrei

Contratações quase certas

Gavião (Volante do CCP)
Galeguinho (Atacante do Palmeira de Goianinha)
Pinduca (Atacante do Palmeira de Goianinha)



domingo, 11 de setembro de 2011

O Alecrim só depende dele, ganhar e pronto

Só o Alecrim venceu o Guarani


Com os resultados de hoje, Guarani 2x1 Santa Cruz de Recife e Porto 1x2 Santa Cruz Potiguar, o Alecrim treinado por Carlos Gutemberg só depende dele. Precisa apenas vencer o Santa Cruz no próximo domingo no Arruda que avança para a 2ª Fase.

Todos sabem que é muito difícil, o Alecrim vencer lá. Mas, futebol tem alguns caprichos. O Alecrim foi o único time que venceu o Guarani de Juazeiro nesta Série D. E venceu duas vezes. Ora, se o Guarani venceu o Santa Cruz, por que o Alecrim não pode vencer? Claro que pode.

No ano passado, ninguém acreditava que o Salgueiro pudesse vencer o Alecrim em Natal, e venceu, ninguém acreditava que ele se classificava e se classificou. Tudo bem, era outra situação. Mas, futebol tem isso e domingo, o Santa Cruz vai jogar na necessidade de pontuar.

Pena que o grupo do Alecrim hoje apresenta apenas 18 jogadores. Com 80% de garotos. O clube ainda reserva dirigentes com idéias de torcedores, jogaram a toalha antes do tempo.

sábado, 10 de setembro de 2011

Seletiva para preencher vaga na Copa SP


O Campeonato Estadual de Juniores prossegue com uma partida das semifinais da competição. Vão jogar às 15h no CT do América em Parnamirim, América x ASSU.

A equipe do ASSU tem a vantagem de jogar por dois empates por ter feito a melhor campanha da 1ª Fase, ficando a frente inclusive de América e ABC. O campeão se classifica para a Copa SP de 2012.

Depois do Estadual, será feita uma Seletiva para apontar o outro representante para a Copa SP. Essa Seletiva será disputada pelos clubes que disputaram o campeonato, menos o campeão. Será no sistema de mata-mata.


quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Uma vaga para capital, outra para o interior

ASSU quer uma vaga. Foto: Blog tatutomsports/Açu


Esta semana, a Federação Norte-rio-grandense foi beneficiada com mais uma vaga para a Copa São Paulo de Juniores em 2012. Com isso, o nosso estado terá dois clubes na disputa, repetindo o ano de 2002, quando teve América e São Gonçalo disputando a competição Sub 18.

Uma vaga será do campeão do Estadual da categoria que está na fase semifinal. ABC, América, Potyguar e ASSU são os clubes na luta pelo título. A FNF convocou os clubes que disputaram/disputam a competição deste ano para uma reunião e decidir como será o preenchimento da vaga.

Sugestão de MT

Na minha modesta opinião, o certo aqui é destinar uma vaga para o campeão e a outra para o de melhor campanha. Sendo que se o campeão for um clube da capital, a outra vaga vai para o melhor do interior. Se o campeão for do interior, a outra vaga ficaria para o melhor da capital.

Não seria coreto destinar a outra vaga para o vice. Pois se o interior decidir a competição, a capital ficaria sem vaga. E vice-versa. Certo?

terça-feira, 6 de setembro de 2011

A Portuguesa só venceu uma vez em Natal


Valendo Campeonatos Brasileiros e Copa do Brasil, a Portuguesa de Desportos realizou 10 partidas em Natal. Nove no Estádio de Lagoa Nova (Castelão/Machadão) e uma no Estádio Frasqueirão. São seis vitórias dos potiguares, três empates e uma derrota.

No ano passado, a Portuguesa quebrou o tabu de nunca ter vencido em Natal, diante do América. Em jogo realizado no Machadão, a Lusa ganhou por 3 a 1. Sendo essa a única derrota dos potiguares jogando em Natal.

ABC e América, cada um venceu três partidas. Os adversários da Lusa foram América seis vezes, ABC três vezes e o Alecrim uma vez. São cinco partidas pela Série A, quatro pela Série B e uma pela Copa do Brasil. Veja os resultados:

29/10/1972: ABC 2x1 Portuguesa (Série A)
03/10/1973: América 1x1 Portuguesa (Série A)
20/10/1977: ABC 1x0 Portuguesa (Série A)
07/09/1986: Alecrim 2x2 Portuguesa (Série A)
13/03/1997: América 1x0 Portuguesa (Copa do Brasil)
08/07/2003: América 2x2 Portuguesa (Série B)
12/09/2006: América 2x0 Portuguesa (Série B
31/05/2009: ABC 1x0 Portuguesa (Série B)
23/10/2009: América 4x0 Portuguesa (Série B)
03/08/2010: América 1x3 Portuguesa (Série B)

Resumo

Total de jogos: 10
Vitórias do RN: 06
Derrotas do RN: 01
Empates: 03
Gols do RN: 17
Gols da Lusa: 09
Saldo pro RN: 08

A Portuguesa é freguesa mesmo do ABC


No Post anterior acabei esquecendo a vitória marcante do Mais Querido em São Paulo, no inicio da Série B deste ano. Ao todo são 05 confrontos, com 04 vitórias do Alvinegro Potiguar e uma derrota. O ABC marcou 08 gols e sofreu 05. Saldo positivo de 03 gols. Veja os detalhes do jogo de ida:

03/07/2011 – Portuguesa 2x3 ABC (Série B)

Gols: Elionar Bombinha (2) e Cascata para o ABC; Marco Antônio e Rogério para a Portuguesa
Árbitro: Renato Cardoso da Conceição (MG)
Renda: R$ 41.810,00
Público: 1.825
Local: Estádio Canindé (São Paulo)

A Portuguesa de Desportos é freguesa do ABC

Bruno Barros fez o gol da vitória em 2009. Foto: Tribuna do Norte


Na história dos confrontos do ABC diante da Portuguesa foram realizados 04 jogos. O Alvinegro venceu três e perdeu o outro. A primeira partida foi realizada em 1972, ano da primeira participação do Mais Querido no Nacional de clubes. Deu ABC por 2 a 1.

Cinco anos depois, mais uma vitória do Alvinegro Potiguar. Agora, de 1 a 0. E em 2009, no Frasqueirão, a Lusa foi derrotada por 1 a 0. A única vitória dos paulistas aconteceu no jogo de volta, em 2009, 2 a 1 para a Burrinha do Canindé. Veja os detalhes das quatro partidas:

29/10/1972: ABC 2x1 Portuguesa (Série A)

Gols: Elias e Libânio para o ABC; Dicá para a Portuguesa
Árbitro: José Mário Vinhas (RJ)
Renda: Cr$ 44.107,00
Público: 12.327
Local: Estádio Castelão (Natal)

20/10/1977: ABC 1x0 Portuguesa (Série A)

Gols: Noé Soares
Árbitro: Sebastião Rufino Ribeiro (PE)
Renda: Cr$ 303.510,00
Público: 15.325
Local: Estádio Castelão (Natal)

31/07/2009: ABC 1x0 Portuguesa (Série B)

Gol: Bruno Barros
Árbitro: Charles Hebert Cavalcante Ferreira (AL)
Renda: R$ 88.208,00
Público: 7.804
Local: Estádio Frasqueirão (Natal)

03/11/2009: Portuguesa 2x1 ABC (Série B)

Gols: Heverton e Bruno Rodrigo para a Portuguesa; Zé Eduardo para o ABC
Árbitro: Pablo dos Santos Alves (RJ)
Renda: R$ 49.765,00
Público: 3.427
Local: Estádio Canindé (São Paulo)

Resumo

Total de jogos: 04
Vitórias do ABC: 03
Vitórias da Portuguesa: 01
Empates: 00
Gols do ABC: 05
Gols da Portuguesa: 03
Saldo pró ABC: 03

Artilheiros do ABC

01 gol: Elias
01 gol: Libânio
01 gol: Noé Soares
01 gol: Bruno Barros
01 gol: Zé Eduardo

Artilheiro da Portuguesa

01 gol: Dicá
01 gol: Heverton
01 gol: Bruno Rodrigo

Resumo de público em Natal

Total: 35.456
Jogos: 03
Média: 11.819



segunda-feira, 5 de setembro de 2011

América manteve o tabu diante do Campinense


Na história das competições nacionais, o América não perde para o Campinense desde 1972. Naquele ano se enfrentaram quatro vezes pela Série B. Anos depois jogaram três partidas na Série A. Em 1988 e 1990 jogaram mais três jogos na Série C. Em 2009, fizeram dois jogos pela Série B. O América venceu em Campina Grande e empatou no Machadão. E este ano mais duas partidas. Em Goianinha, vitória dos potiguares por 1 a 0 e hoje em Campina Grande, outra vitória dos potiguares, agora por 2 a 1.

A última derrota do América para os paraibanos foi em 13 de dezembro de 1972 por 1 a 0, gol marcado por Valmir. Em Natal, a Raposa só venceu uma vez em toda a história, 3 a 1 em 02 de dezembro de 1972, jogo disputado no estádio Juvenal Lamartine. Durante esses 38 anos de tabu foram disputadas 10 partidas com 06 vitórias do América e 04 empates. Confira os resultados do Tabu:

09/03/1978: Campinense 1x1 América (Série A)
28/05/1979: América 2x2 Campinense (Série A)
26/02/1981: América 2x0 Campinense (Série A)
26/10/1988: América 2x1 Campinense (Série C)
02/11/1988: Campinense 1x1 América (Série C)
07/10/1990: Campinense 1x3 América (Série C)
04/07/2009: Campinense 0x1 América (Série B)
02/10/2009: América 4x4 Campinense (Série B)
30/07/2011: América 1x0 Campinense (Série C)
04/09/2011: Campinense 1x2 América (Série C)


Mais uma previsão acertada de MT

Marcos Trindade. Foto: Humberto Sales





No início da Série C deste ano poetei aqui neste Blog que o América se classificaria com 13 pontos ganhos.



Mas, logo apareceram os “especialistas” para desfazer essa previsão. Trouxeram aos seus veículos palavras de diretores afirmando que seriam necessários no mínimo 14 pontos.



Os despreparados usaram os dirigentes para tentar derrubar a minha previsão. O que não aconteceu. A vitória do América ontem por 2 a 1 frente ao Campinense, o lhe assegurou na 2ª Fase da Série C, como havia este blogueiro previsto.



Como se percebe. A bactéria não sou eu. As bactérias estão do outro lado da Imprensa. Clique aqui e acesse o post do comentário.






domingo, 4 de setembro de 2011

O RN fez Cabelo, Barba e Bigode

Berg comanda o modesto Alecrim. Foto: Tribuna do Norte





Este fim de semana foi repleto de vitórias para o Futebol Potiguar. Ontem, o ABC venceu ao Salgueiro por 1 a 0, depois de uma série sem vitória na Série B. Hoje, o América derrotou o Campinense em Campina Grande por 2 a 1 e se classificou para a Segunda Fase da Série C.



E o Alecrim, do grande Carlos Gutemberg, com um time cheio de garotos e uma folha salarial em torno de 12 mil reais, (isso mesmo 12 mil reais) venceu mais uma vez o Guarani de Juazeiro do Norte, por 1 a 0 e continua na briga por uma das vagas para a 2ª Fase da Série D.



Sabemos que é muito difícil. Pelo grupo reduzido que tem o Verdão. De toda forma, a participação do Alecrim está sendo de grande valia. O grupo formado por Berg não endividou o clube e o que é melhor conseguiu pagar dívidas deixadas por treinadores anteriores.


Éderson; maior artilheiro do ABC em atividade

Éderson é o maior goleador em atividade. Foto: Site do ABC





No ABC desde fevereiro de 2010, o atacante Éderson alcançou a marca de 28 gols com a camisa alvinegra em 65 jogos, muitos deles na condição de reserva. O jovem atacante marca em média um gol em cada dois jogos.



Dos jogadores que compõem o atual grupo alvinegro, Éderson é o maior goleador em jogos oficiais. Ele é seguido por Cascata que tem 25 gols e de Leandrão que já balançou as adversárias 18 vezes. Veja mais:



1º Éderson 28 gols em 65 jogos

2º Cascata 25 gols em 72 jogos

3º Leandrão 18 gols em 43 jogos

4º Nêgo 15 gols em 100 jogos

5º Tiago Garça 08 gols em 86 jogos


quinta-feira, 1 de setembro de 2011

Barata está de volta ao Futebol

Barata foi ídolo também na Espanha



Joan, filho de Barata





O entrevistado de hoje na Rádio do Gringo foi Barata, atacante dos bons (tecnicamente um dos melhores que o RN revelou) que brilhou com as camisas de ABC, Fluminense, Guarani e fez muito sucesso durante sete anos na Europa, fazendo gols de montão pelo Tenerife, Mérida, Braga (Portugal) e depois novamente voltando ao Brasil, pela Ponte Preta e outros clubes, até voltar ao ABC e ainda levantar alguns títulos de campeão.



Barata foi campeão potiguar pelo o ABC em 1995 e em 2005. Conquistou acessos na Espanha e foi artilheiro da Taça de Portugal pelo Braga em 2002 com 05 gols. Pelo o ABC marcou 57 gols, média de quase 01 gol por jogo. Na passagem que teve na Europa anotou quase 100 gols. Tornando-se o maior artilheiro nascido no RN em terras européias.



Barata esteve na Europa brilhando durante muitos anos e hoje está colocando sua experiência no mundo do futebol a serviço dos jovens valores que estão começando a carreira. Hoje ele é um dos executivos da Holding SA, uma das maiores empresas de representação e assessoria de jogadores, com atuação em vários continentes. “Voltei de lá agora passei um mês e os torcedores ainda se lembram de mim e dos gols que fiz lá”, conta Barata.



A Holdins S.A. tem o objetivo de dar suporte a atletas que tem o perfil de jogador Europeu e facilitar a sua adaptação. Ele conta quando chegou à Europa no inverno, com duas semanas queria voltar, com o frio, mas conta que teve a felicidade em seis meses marcar 17 gols em 18 jogos. Foi quando abriram as portas e vários clubes se interessaram e passeie sete anos na Europa. E graças a Deus deu certo.



O atleta Joan, filho de Barata, vai disputar a Segunda Divisão do campeonato Espanhol pelo Rayo Vallecano, um dos tradicionais clubes intermediários da Espanha.



Fonte: Blog do Gringo.


Impedido de pesquisar o Futebol Potiguar

Arquivo Público estadual está abandonado. Foto: Tribuna do Norte







Hoje, era mais um dia daqueles que reservei para fazer mais uma pesquisa do Futebol Potiguar. Atrasei-me, não que tenha acordado tarde. O motivo foi outro. Bom, que de certa forma que não perdi a viagem.



Soube minutos depois que o Arquivo Público Estadual foi interditado pelo Ministério Público. Se tivesse ido, teria perdido a manhã. Melhor assim.



Agora, vem cá, quanta má administração neste estado, em? O Arquivo Público já é precário, e agora interditado. Como pode isso? Onde vou pesquisar?



Fiz um contato direto com a repartição pública estadual, falaram prá mim que há tempo o MP vinha pedindo algumas adequações no prédio e outros cuidados, que não foram atendidos. Um dos pedido é o processo de digitalização. Por isso a interdição.



O Arquivo Público guarda coleções antigas de Jornais, Livros, O Diário Oficial do Estado e outras publicações. Pois é, diante disso estou impedido de continuar a pesquisar, não sei até quando.




Guto Ferreira, o pior treineiro do ano

Pior do ano. Escolha fácil. Foto: Site do ABC







Faltando apenas 04 meses para terminar o ano, já escolhi o pior treinador da temporada para este ano. Trata-se de Guto Ferreira, que recentemente “rebaixou” o ABC do 9º lugar para a 15ª colocação.



Em 04 jogos, empatou dois e perdeu os outros dois, sendo um de goleada. Aproveitamento de apenas 16,67% dos pontos disputados. O “seu” time fez 04 gols e sofreu 10, o pior saldo do ano.



Eu não sei aonde o ABC foi ver qualidades nesse técnico indisciplinado. Ele foi advertido em súmula no jogo diante da Americana e expulso na partida frente ao Bragantino.



Agora, a diretoria errou ao permitir torcedores dá “palestra” para os jogadores. Ora, torcedor sabe de nada. Lembra que “esses” torcedores pediram a saída de Leandro Campos e de Welligton? Sinceramente, sem conhecimento nenhum. Os caras da Imprensa não entendem quase nada, torcedor vai entender!