segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Sucesso nem sempre significa ter bens materiais e dinheiro


Muitos pensam que sucesso, só tem aqueles que acumulam bens materiais e dinheiro. Não acho, considero ter sucesso, com tudo de positivo que acontece na vida de uma pessoa. E me considero uma pessoa bem-sucedida, mesmo sem carro, dinheiro ou outros bens, pelos seguintes fatos:

Ao começar a falar aos 07 anos, foi um sucesso estrondoso para mim;

Ter começado a estudar, ainda que com 10 anos, também foi um grande sucesso;

Aos 20 anos, ter concluído o Ensino Médio sem repetir nenhum ano, foi outro sucesso conquistado;

Passar a morar em Natal a partir de 1996 considero outro sucesso alcançado;

Trabalhar em rádios, jornais e outros meios de comunicação, depois de ter demorado a falar, a estudar..., é sem dúvidas algo a comemorar como um sucesso;

Ter concedido várias entrevistas em todas as TVs de Natal, é sim um grande sucesso na nossa avaliação;

Estar ao lado de uma mulher inteligente e bem-sucedida também é ter sucesso;

Ter uma lista de pessoas que possa prestar um serviço, também entra no rol dos bem-sucedidos;

E agora, ter este texto publicado na Revista Placar, é mais um sucesso alcançado. Veja parte do texto na imagem abaixo: 


Marcos Trindade, pesquisador do Futebol Potiguar.

P.S: Esta edição da Revista Placar chegará ainda esta semana as bancas de Natal. Você que gosta do Futebol Potiguar, reserve uma edição, leia e guarde.

Nenhum comentário:

Postar um comentário